quinta-feira, 6 de novembro de 2008

O Gaspunzão Ladra e a Caravana Passa

Em meu artigo anterior, concordei com a idéia do Sr. Carlos Sena de fazer uma eleição que nos desse uma indicação para o patrono da Academia de Bom Conselho. Enviei uma mensagem a ele sobre isto. Recebi uma resposta. Uma resposta nos dando apoio para ir em frente com o projeto de eleição, dentro do modelo apresentado. Tentando ser justa, como sempre, tudo foi elaborado pelo Jefferson da Silva, um dos nossos técnicos em informática. Passo a palavra a ele publicando sua resposta ao meu memorando pedindo ajuda:


"Dona Lucinha, eh sempre um prazer coloborar c/ seus projeto. pra este caso q a senhora diz, o melhor eh fazer pelo orkut. Naum intendo bem o q eh plebiscit, mais penso ser um eleção. A senhora deve pidir permição ao diretor, e criar uma comunidade no orkut e fazer uma enquete. Tudo muito simples mais eh bom testar antes. Depois falo pessoalment com a senhora. Tchau."

Pensei em colocar o nome deste artigo de PlebisCIT em homenagem ao Jefferson, mas fatos novos aconteram. Todavia, falar do Jefferson é essencial. Ele é de Bom Conselho, mais precisamente de Caldeirões dos Guedes. Começou no nosso escritório de lá agora está no de Recife. De estudo formal, foi até o terceiro primário. De estudo para vida é Doutor. Grande técnico grande pessoa. Com ambições que só os grandes homens (pelo amor de Deus mulheres, não precisamos modificar frases consagradas para provar que somos iguais a eles) tem.
Desculpem, mas esta eu tenho que contar. Alguém pediu a ele uma orientação sobre um assunto de informática. Ele escreveu como sempre escreve, muita coisa errada dentro dos padrões ou chavões linguísticos tradicionais. A pessoa ficou surpresa quando ele resolveu o problema, mas não com o seu nível de educação formal. Logo o aconselhou a fazer 1° e 2º graus, Supletivo, Faculdade, etc. O Jefferson disse para ela mais ou menos isso: Quando vim do interior vinha pensando nisto. Fui no sindicato porque gosto daqueles movimentos e de lutar pela minha classe. Falei aos companheiros de meus planos para estudar. Então o Tonho perguntou: mas tu não tavas dizendo que tinhas sonhos políticos, e querias ser até Presidente da República? Então para com este troço de estudo e te concentra no essencial. Agora eu já sou primeiro secretário do meu sindicato.
Voltemos ao que nos interessa aqui. Resolvemos criar um modelo de votação, eu e o Jefferson sempre, quase não entendo nada disso. Primeiro vamos testá-lo com uma pergunta menos polêmica - Qual o nome da Academia de Bom Conselho? - e depois passaremos para a que causou mais celeumas até agora - Quem deve ser o patrono da Academia?
Criamos, no Orkut, uma comunidade chamada Academia de Bom Conselho. Quem for cadastrado no Orkut pode acessá-la digitando no lugar onde se pesquisa: Academia de Bom Conselho. Abre-se a página da comunidade e nela está a enquete como três alternativas:

- Academia Bom-conselhense de Letras

- ABCL- Academia de Letras, Artes, Ciências e Tecnologia

- Academia de Bom Conselho - ABC.

    Perguntei ao Jefferson porque não pode ser colocado o nome completo da segunda alternativa. Ele explicou que o modelo adotado só permite um certo números de caracteres. Pedi para ele colocar uma observação sobre isto e ele o fez. O prazo que escolhemos para o término da enquete é o mesmo que demos para que sugestões sobre nomes de patronos sejam apresentados e ai, se der certo, faremos uma nova eleição.
    O Jefferson me garante que cada conta do Orkut só pode votar uma vez. Não pode haver influência do dono nos resultados, a não ser apagar toda a enquete. Todos podem acompanhar dia a dia o resultado. Penso que o modelo é sólido do ponto de vista da segurança. No entanto, observem e fiscalizem. Se alguém da CIT correr com a urna. Prenda-o.
    Este é apenas um teste para outras perguntas, mas, não é uma brincadeira. Observem que por trás de cada nome está um objetivo declarado do que será a Academia de Bom Conselho, que, talvez influenciará na escolha do patrono. Tenho certo que os bom-conselhenses que estão em Bom Conselho, e bom-conselhenses que estão fora de lá nos indicarão um caminho.
    Mudando só um pouquinho de assunto, artigos atrás tive a ousadia, que digo ser de ex-aluna do Ginásio São Geraldo, de escolher, um conjunto de imortais, seguindo um critério específico e indicando o critério da idade para assumir a presidência desta academia. Até me precipitei, correndo o risco de ofendê-lo dizendo que o José Tenório seria o presidente, cargo que ele, com sua gentileza que só os poetas possuem, recusou. Alguém chegou a escrever que idade não era um bom critério. Eu repito, é o único no momento para fazer as coisas andarem. Quando os imortais se reunirem podem escolher outro, levando em conta outros critérios. Lá vai eu correr o risco outra vez de usar o critério sem conhecer os dados completos dos imortais. Penso que o próximo da lista de idade é o José Taveira Belo (não estou levando em conta alguns que entraram como colunistas depois de 15/10/2008). Caso assim seja, pela recusa de José Tenório, ele é o presidente. Com o seu empenho, que tenho visto, para que as coisas caminhem, o senhor tem todas as condições para fazer acontecer. Desculpem mais uma vez a ousadia.Peço a todos que, se houver algum problema, contate-me (Lucinha - Assunto tal) ou contate o Jefferson (Jefferson - Assunto tal), que estaremos dispostos a esclarecer dúvidas sobre o PlebisCIT, se pudermos, é claro.

    Saudações Cordiais
    Lucinha Peixoto

    Nenhum comentário: