sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O NONO ENCONTRO



Eis aí o 9º encontro papacaça
É riso, é graça
São abraços amigos
Sem perigos.
Agora, os avisos:
Somente sorrisos
Alegrias, enfim
Tim-tim por tim-tim
Nada de cara amarrada
Qual é, moçada?
Pra que viemos?
Aqui veremos.
Em Bom Conselho
Nosso espelho
Nosso chão
Nossa educação,
Começou aqui
E saiu por aí
Por outras terras
Por mares e por serras.
O que fizemos?
Aqui estamos.
Viemos
Pra rever e nos rever.
Conhecer mais recantos
Homens, mulheres e santos
Tudo é possível
O ser humano deve ser flexível
É a nossa missão
De coração a coração.
Nossos pais, irmãos
Quantas bênçãos
Parentes e mais parentes
Todas as gentes.
Viemos, chegamos
E aqui nos encontramos
Mais uma vez
Neste mês de janeiro
Poderia ser o ano inteiro.
Rever nossas terras
Ladeiras e serras
Padroeiro, padroeira
Coisa séria e também brincadeira
São Sebastião
A todos, a nossa gratidão.
E voltaremos noutros anos
Em festa, sem enganos
Tudo pela saudade
Que nos invade
Os corações, com amor
À vida, demos louvor.
Porque estamos bem vivos
Pra que mais motivos?
Temos o ar e as estradas
Os irmãos, camaradas
Temos o céu bem ali
E o sol por aqui.
Ao longe, temos o mar
É só querer e mirar
O firmamento
A cada momento.
A vida, pra ser vivida
Seja volta ou seja ida
Tanto faz
Estejamos em paz
É noite, é dia
É poesia.
Venha se divertir
Cantar, rir
Brinque, dance
Converse, alcance
Seja companheiro
Verdadeiro
Boa praça
Seja papacaça.

16.1.2009 - José Fernandes Costa

Nenhum comentário: