quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Jovem atingido por bala perdida chora de tanto rir

A CIT existe há alguns anos. Assumimos sua direção há quase um. Além do seu trabalho com sons e imagens, há pouco tempo, resolvemos atender o pleito de nossos funcionários para se expressarem de outra forma: com palavras. Começamos no valoroso saite de Bom Conselho, no seu mural, do qual sentimos saudade, e voltamos lá de vez em quando. Resolvemos criar nosso próprio espaço: O Blog da CIT. Todos na empresa gostaram e nem todos fora dela tiveram o mesmo sentimento. Dizer que uma imagem vale mais do que mil palavras é subestimar o poder da palavra. Para o bem e para o mal.
Durante o período em que estamos no ar (José Andando diria "onlaine"), recebemos muitas mensagens, com elogios e críticas. Faz parte. No entanto, poucos dias atrás, recebemos uma que nos chamou atenção pela importância que deu ao nosso trabalho. Mas isto, outras mensagens já tinham feito. O que havia de novidade nesta? Simplesmente, ela nos foi enviada por um jovem , pela idade. Já recebemos mensagens de jovens de 80, 70, 60, 50, 40, 30 anos, mas achamos que este tenha menos anos de idade do que todos os anteriores. Aqui na empresa foi uma alegria.
Não tinha outra coisa a fazer a não ser pedir permissão para publicar o nosso diálogo. Aproveitamos para mostrar o que é a CIT, da forma como mostramos a outros de uma maneira isolada. Todavia, o mais importante é que agora nossa responsabilidade aumentou, pois o nosso interlocutor quer divulgar o nosso trabalho, principalmente, com os jovens de sua idade. Não tenho a menor dúvida que ele conseguirá. Abaixo o nosso diálogo, sem nenhum revisão, propositalmente, como se todos estivessem dele participando como quando escrevemos as mensagens eletrônicas: apressados.

Diretor Presidente.

************************
************************


Fenomenal!



Fantásticas são as postagens no blog do CIT! É pena que só fui descobrir essa semana que ele existia (perdoem-me a minha ignorância), mas agora me sirvo das postagens antigas pra satisfazer a minha vontade de ler os textos, até que apareça algo novo, todos os dias. Vocês estão de parabéns.
Perdoem-me a ignorância mais uma vez, mas por que o blog não é tão divulgado? Descobri ao acaso em uma pesquisa no Google. Esse trabalho tem que ser conhecido por todos os Bom Conselhenses!!! E o que é a CIT na verdade? Ainda não entendi essa parte também!

Um cordial abraço
e parabéns mais uma vez pelo trabalho

Felipe Alapenha

**************

Caro Felipe,

Não o conheço, mas pelo o e-mail e pelo sobrenome deve ser de Bom Conselho. Em primeiro lugar, agradeço os parabéns. A CIT vive disto. O "Fenomenal" causou comoção de risos e emoções aqui na nossa modesta empresa. Abaixo transcrevemos um e-mail enviada a alguém que tinha a mesma pergunta que você. O que é a CIT?. De vez em quando alguém nos pergunta isto e é com prazer que o atualizamos. Espero que ele seja esclarecedor para sua pergunta.
-------------
O que é CIT?

Algum tempo atrás eu tinha um e-mail pronto para explicar o que é CIT. Em termos de sigla, hoje CIT é CIT, porque ninguém, ha muito tempo havia me perguntado isto. Um dos primeiros a perguntar isto, mandou também um possível significado: Companhia Inimiga do Trabalho. Fiquei chateado até ele me explicar porque havia chegado a ele. É que via tanto os filmes da CIT que estava faltando ao trabalho. Por isso a CIT lançou a campanha: Veja com Moderação. Outro, mais ousado, interpretou como: Coçando Intensamente os Testículos. Enfim, eram tantos os significados que a Diretoria, resolveu mudar os estatutos, e agora CIT é só CIT. Mais precisamente CIT Ltda. Muitas pensam que as letras finais significam a figura jurídica de Companhia Limitada. Não é isto. Elas são a abreviatura de Limitada porque, no início, nossa empresa era muito limitadinha mesmo. Hoje, com sede em Caldeirões, e filiais no Recife e na Inglaterra (Canterbury), não é mais tão limitada, mas o nome pegou.
Fora da sigla a CIT é uma empresa com fins lucrativos como qualquer outra dentro do nosso capitalismo selvagem e socialismo besta. A única diferença é não receber em moeda do país. Ela usa uma moeda própria: Risos e Emoções ($RE). Sua receita é proveniente dos clientes que, ao consumirem ser produtos, se emocionem de alguma forma (o riso vale mais, mas não tanto quanto chorar de tanto rir). Temos despesas também e muitas. Hoje temos mais de 100 pessoas trabalhando para a empresa e recebem nesta moeda. Muitas vezes usamos filmes dos outros e pagamos royalties na mesma moeda. Não temos do que nos queixar neste ano de 2008. O nosso risômetro contabilizou um lucro extraordinário nos mais de 20000 acessos a nossos produtos no YouTube. Claro que houve indiferença, pela qual não recebemos nada, e até críticas ácidas que são receitas negativas, mas não foram o suficiente para nos abalar. Basta um sorriso bonito e nossos lucros voltam a crescer.
----------------
Escrevi o texto acima meses atrás, para responder a um pergunta similar a que você faz . Tudo continua verdade exceto alguns números, por exemplo já temos quase 50.000 acessos aos nossos filmes no YouTube (http://www.youtube.com/citltda e http://www.youtube.com/citlimitada) e já não temos mais de 100 pessoas trabalhando para nós. A crise nos pegou em cheio no velho mundo e tivemos que restringir nossa sede em Caldeirões dos Guedes a um simples escritório. Mas estamos trabalhando.
O Blog da CIT ( http://www.citltda.com/ ) nasceu de uma necessidade de expressão. O ser humano tem isto. Quer falar, quer ser ouvido, quer participar e, nem sempre isto pode ser feito com a linguagem que usávamos, e ainda usamos, de imagens e sons. A palavra tinha que ser usada. Com a mudança de Diretor (eu assumi há um ano atrás, mais ou menos) resolvi deixar que nossos funcionários e técnicos escrevessem para o site de Bom Conselho. Por motivos que agora não vem ao caso, porque foram expostas em postagens antigas do Blog, resolvemos ter um espaço nosso, dando ênfase a coisas relativas a Bom Conselho (motivos: somos de lá, os nossos funcionários quase todos são de lá, a empresa nasceu lá e tem sede lá).
Veio o problema da divulgação. Temos uma lista de e-mails que não é grande. Quando lançamos uma postagem, avisamos por esta lista. Mas nem todos abrem. Não sabem o que é CIT, nem me conhecem, Diretor Presidente, que é um pseudônimo de uma pessoa de Bom Conselho, e que por um capricho (alguns dizem que é covardia, medo, etc,) quero ter incógnito o meu nome. Então muitos pensam que é vírus neste tempo de maldades. No entanto, o Blog está andando, já temos uns 20 acessos diários, já lançamos enquetes bem sucedidas, etc. E contamos com pessoas como você, que gostaram do Blog, para divulga-lo.
Não podemos satisfazer a todos. Deus tentou, mas Eva queria a maçã. Todavia o nosso objetivo essencial ainda é provocar risos e emoções nas pessoas. Se há choro ou emoções ruins por nossos escritos, é porque achamos que alguns, às vezes tem que chorar. Podemos estar errados, e quando descobrimos choramos também. Mas, fique certo, a CIT quer é que todos chorem de rir.
Meu Deus, olha o tamanho deste e-mail. Fui escrevendo e nem vi que você deve ser uma pessoa ocupada. Mas, leia por etapas. Qualquer dúvida mais sobre a CIT, pergunte...
----------
A partir de hoje você estará incluido na nossa lista. Espero que continue gostando do nosso trabalho.

Saudações Cordiais
Diretor Presidente.

*******************

Só de ler sua resposta, já gastei toda a minha cota de $RE diária! Principalmente na parte do "Veja com moderação" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mais uma vez, FENOMENAL! O mais fenomenal de tudo isso é a capacidade de vocês escreverem um humor inteligente, diferenciado, misturando com coisas da nossa terra, nossa Bom Conselho! Sou de lá sim, você acertou. Reparando bem no meu endereço de correio eletrônico, o "F", como você já deve imaginar, é de Felipe. Já o "ALIRA" corresponde à Alapenha de Lira. Sou o filho mais novo de Judith Alapenha e Dr. José Alípio. Nascido e criado em Bom Conselho, papacaceiro com orgulho, que veio morar no Recife pela necessidade de buscar um futuro melhor. Mas só por causa disso mesmo, porque sempre que posso eu volto pra terrinha! E quando não, eu mato as saudades pelas postagens de vocês e pelo excelente site do Saulo Bezerra.
E não se preocupe com meu tempo! Li todo o e-mail, porque pra mim é uma grande diversão acompanhar o trabalho da CIT. Pode contar com esse cliente assíduo, porque que gasta $RE com o blog e os vídeos da CIT tem muito a ganhar! É a única empresa, mesmo entre tantas do capitalismo selvagem, que dá lucros prazerosos para o consumidor.
Continuem esse trabalho, porque além do entretenimento, sem se dar conta vocês estão resgatando e preservando a memória de nossa terrinha, e isso é muito importante!
Ah sim, gostaria de, se possível, visitar as instalações da empresa quando for à Caldeirões, conhecer a equipe...

Um grande abraço a todos que fazem a empresa!
Do mais novo cliente da CIT

Felipe Alapenha

----------------

Só um detalhe: Vou começar a divulgar o blog no meu profile do orkut e no msn. Também já estou indicando pros amigos. Não pode uma raridade dessas ficar restrita a tão poucas pessoas!

Felipe Alapenha

*******************

Caro Felipe,

Mais uma vez a CIT agradece suas palavras gentis e até carinhosas com seu trabalho e agradece também seu esforço de divulgação. O nosso risômetro disparou quando você se identificou. Conheci seus pais de vista, nunca com eles falei pessoalmente. Sua mãe, hoje, na posição que ocupa, temos que conhecer, afinal de contas devemos ter a quem reclamar quando pagarmos nossos impostos. O IPTU em Caldeirões está escorchante. Mas, não foi pelo seus pais em si que o risômetro disparou e sim, porque sendo seus filhos, só pode ser um jovem.
Se um jovem gosta do que fazemos temos certeza de um futuro promissor. Não divulgo a idade média dos que escrevem no Blog da CIT, porque a Lucinha Peixoto me mata. Mas tentamos atingir os jovens. Quem sabe se os seus amigos, da mesma idade ou similar também não se interesse pelo nosso trabalho?
O seu primeiro e-mail nos deixou um pouco tristes, porque você dizia ter encontrado a CIT no Google e por acaso. Dai pensamos, queremos atingir os jovens e, em vez deles serem atingidos por uma divulgação pertinente os atingimos pelo mecanismos de busca. Ou seja, caro Felipe, lançamos balas de risos e emoções e você foi atingido por uma "bala perdida".
Para que outros não sejam atingidos somente desta forma, peço a você que divulgue nosso trabalho, se gostar, e peço sua permissão para publicar este nosso diálogo em nosso Blog. Já tenho uma sugestão para o título: "Jovem atingido por bala perdida chora de tanto rir" (sugira a vontade). Se você não nos permite publicar não diga nada, porque o que você nos disse já aumentou nossos lucros.

Saudações Cordiais
Diretor Presidente

******************

Sobre o diálogo, já está autorizado a divulgar! Gostei do título! kkkkkkkkkkkkk
E sobre o público jovem, tenho certeza que se realmente eles conhecessem o trabalho da CIT, com certeza acompanhariam as postagens. Uma boa leitura não tem idade, porque se fosse assim os clássicos nunca seriam clássicos. Basta a vocês que fazem a CIT, e a nós leitores, calibrar a mira e dar um tiro de cheio nesse público, pra que essa história aconteça diferente, e que eles não fiquem esperando por uma bala perdida! Mas agora chega de metáforas!!!

um grande abraço

Felipe Alapenha

Nenhum comentário: