sexta-feira, 13 de março de 2009

Chegando!

E a Maria Caliel
vem chegando de mansinho
como abelha que faz mel
começa devagarinho.

Vem chegando pro Mural
sem nem apressar o passo
numa prosa sem igual
vem estreitar esse laço.

De pouco em pouco nós vamos
aumentando essa corrente
por isso que aqui estamos
cercados de tanta gente.

A vida é quem nos ensina
a vivê-la intensamente
ser mulher é ser menina
para que ser diferente?

Caliel já nos honrou
com sua nobre chegança
na Academia aportou
com tempero e temperança.

Veio emprestar seu valor
e juntar-se a outros tantos
na mão trazia uma flor
no coração seus encantos.

Trouxe prosa com doçura
juntou-se a seus semelhantes
trouxe o traço da ternura
veio dócil, sem rompantes.

E por que ser diferente
nessa vida passageira
onde a vontade da gente
é ser gente a vida inteira.

Seja bem-vida, Maria
nesse espaço que é de tantos
tua estréia me alumia
e alumia a não sei quantos.

Trilhando pela humildade
nós só queremos saudá-la
saudar com maturidade
e agora és tu quem fala.

E eu fico por aqui
cheio de contentamento
deixo um abraço pra ti
no meu arrebatamento.

Só quis fazer um lembrete
da tua ilustre chegada
vou deixar-te um ramalhete
vou ouvir a passarada.

Deus te ilumine a estrada
onde haverás de passar
usa a porta de entrada
pois vieste pra ficar.


José Fernandes Costa - jfc1937@yahoo.com.br

Nenhum comentário: