terça-feira, 9 de junho de 2009

PONTO FINAL




Amigos leitores deste blog, nos últimos dias tem-se debatido no nosso blog, a questão de escrever correto o português, sem sombra de duvida o correto seria que todos os brasileiros conhecessem a nossa gramática e a praticassem corretamente, infelizmente isto ficou para muitos poucos estudiosos do assunto, ou seja, aquelas pessoas que se dedicam e vivem do português, ultimamente vi um debate entre dois professores de português e houve divergência entre eles em alguns pontos da nossa gramática, cada um deles tendo um ponto de vista sobre o assunto.

A nossa língua hoje conta com quase um milhão de verbetes, e esse numero não para de aumentar, pois todos os dias novas palavras são incorporadas ao nosso vocabulário, seja elas criados por nós brasileiros, ou vindo de outro idioma.

Para os senhores terem uma idéia de quanto escrever correto o português é difícil, todo grande escritor, quando terminam um livro tem de mandar este livro para a revisão, porque por mais que ele saiba o português, vai sempre ter algumas palavras, pontuação ou concordância que não estão corretas.

A língua é o maior bem de um povo, não tem dinheiro, não tem florestas, não tem rios, não tem nada que seja comparada a nossa língua, a integridade de uma nação está na sua língua, as florestas se acabam, o dinheiro se acaba, os rios secam, mais a nossa língua ela representa a integração de um país, mesmo que neste país se falem mais de uma língua, mais os povos é reconhecido por sua língua, é ela que passa a cultura, o folclore e as tradições para as futuras gerações.

Por mais que uma pessoa seja inteligente ela tem suas limitações, um grande professor de português, é grande em português, se colocar na sua frente uma questão de física pura, ele não sabe para onde vai. Temos neste blog pessoas com um grande saber no que diz respeito a nossa gramática, mais estes mesmos companheiros se forem colocadas umas questões referentes à medicina veterinária, eles não saberiam responder, e nós não podemos exigir deles por não saberem resolver este problema, pois não é a sua área, portanto vamos baixar a bola, de querer julgar as pessoas, por alguns erros que cometem, pois quantos erros nós já cometemos em nossa vida e iremos cometer, peço aos senhores donos da gramática perfeita, que deixem que nós simples humanos, que nos aventuramos a escrever algumas coisas, estando elas com o português correto ou não. Se o nosso blog fosse feito só por aqueles que querem o português correto, seria uma chatice só, porque escrever correto não significa que se escrevam bem.

Para terminar quero dizer que faço parte daqueles que se atrevem a escrever sem que o português seja correto, porem desde quando escrevia para A GAZETA, JORNAL ECOS, INFORMATIVO DO COMERCIO, JORNAL MANDACARU, SITE BOMCONSELHOPAPACACA E AGORA NO BLOG DA CIT, escrevo com paixão, tento dar vida aos personagens, e tenho plena convicção que aqueles que lêem meus escritos gostam do que escrevo estando com o português correto ou não, e ponto final.

Próximos artigos:
Zé bebinho
Wilson carteiro
O avião

E se Deus nos der saúde, teremos muitos, e muitos artigos.
O nosso livro A TENDA DE ZÉ BIAS, contendo 84 crônicas e contos, já foi revisado e se encontra em fase de preparação para o lançamento, já estamos com o segundo livro quase pronto, faltando ainda o titulo, todos eles contando a vida e momentos interessantes da terra de papacaça.

Aqui quero de publico agradecer a você Caliel, por ter tirado uma duvida antiga sobre o ME e o MIM, já trocamos e-mails e você hoje faz parte das minhas amizades, o mesmo não posso dizer de outra pessoa que me mandou um e-mail que chocou muito a minha pessoa, mais deixa pra lá.

Alexandre Tenório Vieira( Correntão) - (tenoriovieira@uol.com.br)

Nenhum comentário: