terça-feira, 29 de setembro de 2009

O DIA QUE BOM CONSELHO PAROU - 1ª parte - INTRODUÇÃO

A TV Jornal do Comércio iniciou um programa intitulado CAMPEONATO DAS CIDADES era apresentado por Ademar Paiva, e visava confrontar uma cidade contra a outra, e no final a vencedora ganhava uma ambulância zero quilômetro, o prefeito do nosso município era WALMIR SOARES, que prontamente inscreveu nossa cidade, a cidade sorteada para confrontar a nossa foi Surubim, isto causou o maior reboliço nas duas cidades, pois CHACRINHA E PEDRO DE LARA eram os personagens destas duas cidades conhecidos nacionalmente, e naquela época Pedro de Lara era jurado no programa de Chacrinha, diante deste fato a disputa saiu do âmbito estadual e ganhou o âmbito nacional, pois os dois artistas comentavam constantemente a disputa que iriam travar as suas cidades.

A disputa movimentou todos os bom-conselhenses tantos os que moravam aqui como os que moravam fora da nossa cidade, a disputa era feita em vários quadros como, quebra de braço, bola na cesta, chute a gol, o homem mais bonito, a mulher mais bonita, uma cantora, um cantor, uma banda marcial, um musico, uma curiosidade, um personagem importante, uma relíquia e o quadro que valia mais ponto que era 30 MINUTOS DE TEMPO LIVRE, em que a cidade apresentava vários quadro que representavam a arte e cultura da cidade.

Poderei errar ou esquecer alguns fatos, mas na essência o que vou narrar é o que se aproxima mais próximo do ocorrido, isto que narrarei está dentro da minha cabeça, pois para um jovem de 12 para 13 anos aquilo que estava acontecendo era algo maravilhoso, inesquecível, foi sem duvida o maior momento da historia recente de nossa cidade, aquela disputa como já falei mobilizou todos. Pela primeira vez se deixou de lado as cores políticas e foi vestida a camisa de Bom Conselho, ganhar de Surubim era uma questão de honra, nosso Pedro de Lara tinha de ganhar do Chacrinha.


Uma coisa devemos salientar, o nosso comandante supremo foi Walmir Soares ( prefeito do nosso município) deu total apoio as ações que deveriam ser feita, ele não mediu esforços para fazer nossa cidade brilhar no cenário pernambucano, embora fosse uma pessoa de poucas letras, porém era uma pessoa muito vaidosa, e como era o seu primeiro mandato ele queria deixar marcado para a posteridade este feito do seu governo, a coisa alcançou uma dimensão que nunca foi pensado que iria alcançar, a sociedade inteira participou a maçonaria, lions clube, os colégios, a associação comercial, bancos enfim toda Bom conselho estava unida pela vitória.

No dia do confronto entre as duas cidades, Pernambuco parou, pois era o encontro mais importante que iria ter, nenhum confronto foi tão aguardado quanto o nosso, mesmo outras cidades mais importantes que disputavam não tinham tido a atenção que BOM CONSELHO CONTRA SURUBIM teve.

Alexandre Tenório - tenoriovieira@uol.com.br

--------------
(continua neste mesmo Blog, aguardem) (*) Fotos do evento enviadas pelo autor.

Nenhum comentário: