segunda-feira, 16 de novembro de 2009

O DIA EM QUE BOM CONSELHO PAROU - 11ª Parte - PROVAS (TEMA LIVRE)




A nossa narrativa esta chegando ao fim, chegam as duas cidades para a última prova praticamente empatadas, havendo apenas uma pequena vantagem para Surubim, a nossa cidade tinha exatamente 30 minutos para provar que éramos os melhores, o tema livre era uma prova onde a cidade iria desenvolver um tema ligado a sua origem, era uma prova de pura arte, ai era onde entrava a verdadeira cultura da cidade, e nossa cidade escalou um trio da pesada, Leda de Jordalino, Ismênia Tenório e Frei Dimas.



Estive no último domingo na casa de Leda, levei meu gravador e fiz com ela uma entrevista sobre exatamente a prova livre, este encontro foi muito importante porque fez avivar em minha memória alguns fatos que estavam obscuros, também falou sobre outras partes do campeonato, e ficou claro que a música que Vanda cantou não foi Carcará, Carcará foi realmente interpretada por Maria Betânia, no quadro carcará, a música que Vanda cantou foi Ronda de Paulo Vanzolini.

A cidade estava em alerta total, tínhamos chegado para a última prova em boas condições, muito melhor do que realmente nós tínhamos pensado que iríamos chegar, pois Surubim era uma cidade maior que a nossa, mais perto do Recife, muito mais importante economicamente, tudo isto fazia dela a favorita, só que nós tínhamos surpreendido a todos com uma boa participação, como os senhores viram na nossa narrativa até o último capitulo.

Como é sabido por todos os bom-conselhenses nossa cidade é a única cidade no mundo em que os três micro-climas estão inseridos dentro dela, nos nossos 1040 quilômetros quadrados nós temos a mata, agreste e o sertão, tudo isto visualizado dentro da própria cidade, não precisando se afastar muito para ter acesso a estes climas, pois bem foi esta nossa diversidade climática que foi escolhida para o tema livre, nós iríamos mostrar as três diferentes culturas que estas micro-regiões tinham, o tema era muito bom, iríamos ver se o desenvolvimento era feito com maestria.

Devemos contar aqui algumas curiosidades que aconteceram.

Quando estávamos nos preparativos para o tema livre, chegaram à nossa cidade algumas pessoas estranhas e logo surgiu o boato que havia pessoas de Surubim que vieram espionar nossos preparativos, isto gerou um reboliço total na cidade e toda pessoa que se via de fora se pensava logo que era espião, inclusive umas pessoas de Garanhuns que estavam aqui, foram colocadas para correr sobre a acusação de que eram espiões de Surubim.

Esta curiosidade foi contada por Dr. Zenício, ele que tinha participado da prova de conhecimento, quando saiu do palco e entrou nos estúdios, ele viu umas moças muito bonitas e toda elas estavam maquiadas, eram realmente lindas, então ele comentou com Peu filho de Zé Zuza, que nós estávamos lascados, pois aquelas meninas de Surubim eram muito bonitas e que nós iríamos perder a prova, foi quando Peu disse, estais doido Zenício estas meninas são de nossa cidade, e foi ai que ele começou a conhecer as meninas, e vibrou, pois ele passou a ter certeza que nós iríamos ganhar.

A pessoa que iria fazer o personagem Carcará na dança do mesmo nome era Vanda, só que por mais que ensaiasse a coisa não ficava boa, então foi sugerido que Leda de Jordalino fosse o carcará, pois ela já tinha experiência com teatro, só que existia um porém, tio Jordalino não queria nem ouvir falar em Leda representando, e Leda doidinha para fazer o Carcará, só teve uma coisa a fazer fizeram uma maquiagem que só se via os olhos de Leda, e ninguém saberia quem estava naqueles trajes.

Leda contou que quando foi ser erguida pelos os quatros rapazes o bafo de cana que emanou de suas bocas quase deixa ela tonta ah ah ah.

O tema livre de Surubim foi sobre...


Aguardem o ultimo capitulo para saber o desfecho desta epopéia.

Alexandre Tenório Vieira - tenoriovieira@uol.com.br


----------------


(*) Fotos do evento enviadas pelo autor.

Nenhum comentário: