segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

POR QUE É NATAL?




O tempo passou tão depressa, não foi? Que nem nos demos conta de que amanhã já é Natal outra vez. Foram tantas as lutas, tantas correrias, que o tempo passou e nem vimos.

Você certamente teve problemas, trabalhou, sofreu, acendeu a chama da esperança e depois sorriu como todo mundo e nem percebeu que amanhã já é Natal.

Obstáculos não faltaram, mas as forças que nos vêem de Nosso Senhor, sempre nos momentos certos, nos permitiram superá-las e amanhã já é Natal, outra vez.

E por que amanhã é Natal? Porque é tempo de confraternidade, perdão, solidariedade. Para não só comemorarmos o nascimento de Nosso Senhor Jesus, mas também, para que lembremos sempre do exemplo que Ele nos deixou “amar uns aos outros como Ele nos amou”. É também, um momento de reflexão, para que arrebentemos os laços da discórdia que por ventura haja entre os familiares e amigos.

A verdadeira beleza do Natal não consiste na contemplação das luzes que brilham diante de nossos olhos. Consiste tão somente no brilho e na beleza da Luz da vida, Jesus Cristo, adorando com sua presença tudo ao nosso redor.

Tudo isso se coloca na contramão de Jesus Cristo, despojado de si próprio, pobre, casto, obediente, serviçal, humilde. Sua missão e vida se destinam à reunião dos filhos de Deus dispersos ou divididos entre si, exatamente pela reprodução das atitudes de egoísmo, de disputa pelo poder, de obsessão pelas riquezas materiais.

Se Jesus Cristo nascesse hoje, onde nasceria? Permita caro leitor, que seja na sua casa, no abrigo do seu teto, mas precisamente em você. Assim poderá haver Natal.

Ao meu leitor,
Um Feliz Natal e um Ano Novo de muita Paz.

Maria Caliel de Siqueira - mcaliel@hotmail.com

Nenhum comentário: