quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Carnaval No Beco do Dr. Raul



Hoje fui ao SBC (Site de Bom Conselho) e vi um link: “Carnaval Beco Dr. Raul Camboim”. Não tive mais dúvidas, cliquei nele. E o fiz por ter passado centenas, senão milhares, de vezes pelo Beco do Dr. Raul. Tive uma namorada pelos lados da Praça da Bandeira (antes que maldem, não era a Lucinha) e saía de minha casa, na Rua da Cadeia, descia pelo Beco de D. Júlia, passava em frente da casa de meu amigo de infância Mané Catita, filho de seu Mané Chagas, ia bater na casa de Abílio Alapenha, atravessava a rua, passava pelo Posto e adentrava o Beco de Dr. Raul, e de lá para Praça da Bandeira era um salto. A trajeto de volta era o mesmo.

Os becos eram e são lugares por onde se corta caminho. Sua eficiência geográfica já foi largamente comprovada para locomoção de pessoas. Normalmente, onde os automóveis ou grandes veículos não entram viram becos. O de Dr. Raul era uma dos mais famosos de nossa terra. Fiquei alegríssimo quando soube que ele agora tem uma finalidade nobre que é o de resgatar o Carnaval em nossa terra. Se tivesse podido ir ao Encontro de Papacaceiros, teria ficado para o Carnaval no Beco do Dr. Raul. Vi que o Trio Papacaceiro ficou.

Pena que só posso olhar as fotografias, mesmo que sejam de Alfredo Camboim, um dos nossos bons fotógrafos (aliás, parece que é genético, a Niedja também é excelente). Conheço o trajeto como a palma de minha mão, embora, tenha havido muitas modificações arquitetônicas e de pessoas moradoras. Entretanto, Praça Pedro II, Rua do Caboge, Manoel Borba e Beco, jamais quem nasceu e viveu em Bom Conselho pode esquecer. Esquecemos as pessoas, pois, mesmo em nossa ausência a cidade não para. Nascem jovens e mais jovens. Lindos e lindas nas fotos. Numa delas, o Alfredo aparece com duas delas, admiro suas belezas e fico em dúvida, serão netas dele?

Noutra não tenho dúvida é a Nelma, já a tinha visto nas fotos do encontro. Se ela soubesse do meu apelido, se lembraria, que um dia tivemos uma paquera. Isto foi antes dela namorar um rapaz loiro, lá do alto do colégio, que tinha um nome estranho. Revi Terezinha Miranda, Juanita (ou seria Juraci?), e o Prof. Clívio (mostrei a Lucinha e ela disse: "esta foto ficou muito mal tirada, o Seu Clívio é muito mais bonito") que não foi meu professor mas o conheci no Sport de Bom Conselho, time que ele e Zezinho Sá Barreto fundaram.

Vi também, e se estiver enganado me perdoe, Sônia de Seu Zé de Puluca. Eu a vi ainda jovem, e com todo respeito digo, era uma das moças mais bonitas de Bom Conselho, e na foto atual, todos poderão ver que não estou mentindo. Mesmo que a Lucinha Peixoto diga que ser cronista de fotos, é a "treva", é melhor tê-las para falar sobre elas do que ficar na completa escuridão. Parabéns Alfredo pelas fotos e parabéns ao SBC por publicá-las. Valeu!

Jameson Pinheirojamesonpinheiro@citltda.com

Nenhum comentário: