segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Discutindo a Relação



Meus amigos leitores do Blog da CIT, e demais clientes da CIT Ltda. Quase todos nós, da CIT, já voltamos ao Recife. A estada em Belém foi muito proveitosa mas, mexeu, como não poderia deixar de ser, com nossas mentes. Eu escrevi quase todos, porque não vieram todos, como diria o Conselheiro Acácio. Faltou o nosso colega Cleómenes. Seus fãs, não se preocupem, segundo Lucinha ele ainda não embarcou para o "andar de baixo". Ele não voltou devido ao seu sucesso e pela sua capacidade de trabalho. Resolveu ganhar mais lá na Floresta Amazônica. Isto é, ele não se engajou na Campanha da Fraternidade. E diz que ainda pode, nas horas vagas contribuir com o Blog da CIT, entretanto, por agora, só podemos dizer: Que Deus o proteja por lá.

Outro que veio com a gente mas não definitivamente foi o Jameson Pinheiro. Veio buscar a família e vai exercer seus dotes digitais em Belém. Todos sentimos muito por um lado e ficamos alegres pelo sucesso dos colegas que tanto batalharam conosco.

Diante disto, com todas estas perdas de valores, resolvemos sentar na mesa pessoalmente, sem laptops, e “discutir a relação”. Enquanto o fazemos, daremos uma parada em nossas participações no Blog. Apesar disto, não ficaremos totalmente inertes. Se os nossos colaboradores externos quiserem publicar, a Eliúde se compromete a receber os artigos e notas no Mural e publicá-los. Esperamos voltar mais fortes e saudáveis para continuar servindo à nossa terra.

Eu vou logo avisando que o técnico não foi demitido. O time estava ganhando os jogos e com boa posição no campeonato. Talvez haja necessidade de contratação de novos jogadores, porque treinamos os nossos, e times melhores os levaram. Aguardem nossa volta.

Não esperamos que alguém tenha alguma crise de abstinência pela falta dos nossos péssimos escritores, mas se isto acontecer, leiam nossos colaboradores e releiam nossos escritos enquanto “discutimos a relação”. Espero que dela não surja nenhum cisma.

Todos nós concordamos, neste texto de “até logo”, sentindo saudade do que não vivemos, transcrever um belo poema o qual temos certeza, encherá de música seus corações:

Voltei, Recife
Foi a saudade
Que me trouxe pelo braço
Quero ver novamente "Vassoura"
Na rua abafando
Tomar umas e outras
E cair no passo

Cadê "Toureiros"?
Cadê "Bola de Ouro"?
As "pás", os "lenhadores"
O "Bloco Batutas de São José"?
Quero sentir
A embriaguez do frevo
Que entra na cabeça
Depois toma o corpo
E acaba no pé


Até a volta!

Diretor Presidentediretorpresidente@citltda.com

Nenhum comentário: