domingo, 21 de março de 2010

Um Texto Erótico



Mais uma vez recebo uma mensagem do amigo José Fernandes. Desta vez ele me repassa um texto atribuído ao Carlos Drummond de Andrade, que o Blog da CIT não poderia deixar de compartilhar com todos os seus leitores.
Ainda mais, depois de ter lembrado dos famosos amores históricos e literários de: Romeu e Julieta, Tristão e Isolda, Dirceu e Marília, Desdêmona e Otello, quando dei uma passada ontem no Mural do SBC e descobri um novo amor: Barão e Baronesa. Fazia tempo que não aparecia algo de novo por lá. O poema a seguir é dedicado ao amor de Barão e Baronesa, sem "mas" nem meio "mas", pois o amor é sempre de utilidade pública, mesmo aqueles eróticos como o que segue.
Sorvam a verve do nosso poeta maior:



“Terrível é meu pensamento a teu respeito,
e ardente é o meu desejo
de apertar-te em minha mão,
numa sede de vingança incontestável pelo
que me fizeste ontem.
A noite era quente e calma e eu estava em minha
cama, quando, sorrateiramente,
te aproximaste.
Encostaste o teu corpo
sem roupa no meu corpo nu,
sem o mínimo pudor!
Percebendo minha
aparente indiferença,
aconchegaste-te a mim e
mordeste-me sem escrúpulos.
Até nos mais íntimos lugares.
Eu adormeci.
Hoje quando acordei,
procurei-te numa ânsia ardente,
mas em vão.
Deixaste em meu corpo e no lençol,
provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu
durante a noite.
Esta noite recolho-me mais cedo,
para na mesma cama te esperar.
Quando chegares,
quero te agarrar com avidez e força.
Quero te apertar
com todas as forças de minhas mãos.
Só descansarei quando vir
sair o sangue quente do seu corpo.
Só assim, livrar-me-ei de ti,
Pernilongo
Filho da Puta!”



O riso é a mais sublime das emoções, por isso Deus deu o riso ao homem e só a ele. Espero que vocês tenham rido e se emocionado com o belo poema. Se isto aconteceu, a CIT Ltda encheu “as burras”. Estamos dentro de nossa missão. Sobre as mensagens amorosas de Barão e Baronesa, escreverei depois, se eles não forem censurados. Espero que não.


Lucinha Peixotolucinhapeixoto@citltda.com

Nenhum comentário: