sexta-feira, 18 de junho de 2010

COPA E TELEVISÃO



Lendo o artigo do nosso amigo Jameson, passei a relembrar a primeira copa do mundo em que eu realmente sabia o que estava acontecendo, pois como nasci em 1961 e a copa de 1962 eu tinha apenas um ano e a de 1966 tinha cinco anos não me lembro de nada destas copas.

A copa de 1970 (a primeira copa televisionada para o solo brasileiro), eu tinha nove anos e já era doente por futebol, em nossa cidade havia no Maximo 50 televisores, e na casa dos meus avós, era uma destas casas, era um televisor Philips 26 polegadas dentro de um móvel de madeira que tempos depois deu o bicho e tivemos de trocar por outro mais sofisticado.

A primeira televisão em nossa cidade foi instalada na casa de seu José Galdino, ele colocou uma antena na serra de SANTA TEREZINHA, e de lá puxou um fio até sua casa, pois a antena era virada para a serra da prata aonde existia uma antena retransmissora da TV TUPI, foi assim que nossa cidade entrou finalmente na era das comunicações, imagino eu quantas pessoas foram assistir à televisão lá.

Tempos depois foi colocado em nossa cidade um transmissor do Dentel, e finalmente os bom-conselhenses puderam comprar suas televisões, só que o sinal era sofrível, bastava um pingo de chuva para a transmissão ficar horrível, e como não poderia deixar de ser nos jogos da copa do mundo 1970 não foi diferente, alguém dizia, na casa de Zé do Foto a televisão esta pegando bem, lá ia um monte de gente para a casa de Zé do Foto, e quando chegava lá estava do mesmo jeito das outras televisões, então dizia que na casa de Dr. Roque a televisão estava pegando um cinema, e lá ia a turma atrás chegava lá estava pior que as outras e assim íamos nós neste eterno sofrimento.

A primeira televisão a cores de nossa cidade foi comprada por dona Luiza de Quincas Velho no ano de 1974, ela morava no corredor, então nós crianças íamos a noite subir na grade da sua casa para vermos a televisão a cores, que era da marca SEMP e pegava uma merda, só se via chuvisco colorido.

Passou uns caras aqui vendendo umas telas coloridas com três cores, que se colocava na frente da televisão e viam-se as imagens coloridas nas três cores, e nós dizíamos que tínhamos televisão colorida.

Outra feita passaram uns malandros dizendo que tinha uma tinta especial que quando pintava a antena a televisão pegava colorida, e lá vai gente pintando as antenas e nada de ficar colorida, pois eles diziam que não era de imediato que iria pegar coloridos era com uns dois ou três dias que ia acontecer, e o povo doido para ter televisão colorida caíram no conto.

Quando terminou a copa de 1970 e o Brasil foi campeão, as portas da igreja matriz foram abertas e os sinos dobraram, saiu às figurinhas OLÉ OLÁ, que tinha as 16 seleções como tema, a figurinha de Pelé era a carimbada que mais tinha valor quem achasse ganhava uma bicicleta.

Na casa dos meus avós era uma festa, sempre foi uma casa farta de comida, e no dia dos jogos do Brasil minha avó preparava muitos doces, bolos, tortas, salgadinhos, e enchia uma mesa enorme com estas guloseimas e nos intervalos dos jogos lá iam os convidados que eram além dos familiares os vizinhos mais chegados, porém dona Berenice não abria mão da superstição, quando começava o jogo a pessoa que tinha sentado num certo lugar não podia mais mudar, isto valia para todos os jogos, ai daquele que tentasse não cumprir esta regra.

Para finalizar estas recordações digo que realmente a copa do mundo é o evento que bole realmente com os sentimentos de todos os brasileiros, até mesmo com aqueles que não gostam de futebol.

Alexandre Tenório Vieira - tenoriovieira@uol.com.br

Nenhum comentário: