sábado, 3 de julho de 2010

BOSCO PRESIDEU



Foi disparado o maior bebedor de COCA COLA de Bom Conselho, também foi um dos maiores motorista de nossa cidade. Tenho lembrança da primeira gincana de automóvel de nossa cidade vencida por ele, naquela época João Presideu (pai de Bosco) tinha uma caminhonete Chevrolet branca com azul, e Bosco dava cada carreira na bichinha que zunia, a gincana era composta de várias provas entre elas a de várias chave e um cadeado, outra de correr num saco, outra de correr com um ovo numa colher, e assim por diante, Bosco neste dia deu show de direção e ganhou a prova.

A história de Bosco se confunde com a história das viagens de Recife, ele foi muito importante para todos nós, pois além de conhecer o Recife como a palma da mão, ele entregava e pegava a pessoa no local certo, isto sempre foi muito importante, pois a grande maioria das pessoas que iam com ele dificilmente sabiam como chegar ao seu destino.

Porém como neto de Turco, não podia deixar de ser tacanho, era miserável mesmo, cobrava por uma simples carta o valor de uma passagem, isto deixava muitas vezes o povo com raiva, porém era a forma mais rápida de se entregar o documento que faltava.

Contam que certa vez ele cobrou da sua mãe Suzana a passagem para o Recife, e argumentou que se ela fosse com outro iria pagar do mesmo jeito, porém ele se hospedava na casa de Suzana então ela cobrou esta pensão dele, e usou do mesmo argumento que ele usou com ela, porém havia uma disparidade enorme entre ele se hospedar três ou quatro vezes por semana na casa de Suzana e Suzana viajar uma vez por mês, quando ele fez as contas era melhor não cobrar da mãe, e ficou estabelecido que nem ele cobrava a passagem nem ela cobrava a hospedagem ah ah ah.

Bosco devido o excesso de coca cola que ele tomava diariamente, passou a sofrer de diabetes, e não ligava para a doença, que todos nós sabemos que é uma doença crônica que vai minando os órgãos do individuo, e com Bosco não foi diferente.

Ele sempre foi metido a namorador e teve três esposas em sua vida, só que a diabetes passou a atuar na libido, certa vez ele revelou que nem com Viagra a coisa estava funcionando, com pouco tempo depois ele sofreu uma intervenção cirúrgica para a colocação de pontes de safena.

Antes da alta médica ele saiu do hospital, e ao chegar ao bar da pamonha que fica perto de Bonança ele manda parar o seu carro e comeu umas duas ou três pamonhas com uma coca de 2 litros não deu outra, a noite começou a se sentir mal e teve um derrame daqueles com proporções desastrosas em que ficou praticamente sem nenhum movimento.

Passados quatro anos vivendo dentro de um hospital, faleceu neste 30 de junho o nosso amigo Bosco Presideu, sem sombra de dúvida alguém que marcou uma geração de bom-conselhenses.

Alexandre Tenório Vieira - tenoriovieira@uol.com.br

Nenhum comentário: