sexta-feira, 9 de julho de 2010

CORAÇÃO FEIO

Mal saímos do caso "Mércia", estupefatos com a maneira covarde e agressiva como foi morta e cá estamos no caso "Bruno".
Ouvir como os acontecimentos ocorreram, fez-me sentir vergonha dos humanos.
Ser humano. Ser presente. Ser bom.
Deveria ser assim o ser pensante.
O que acontece com algumas pessoas?
O que acontece em nosso mundo?
A loucura começa onde acaba a compaixão?
Prefiro a loucura dos poetas, dos sonhadores, das famílias unidas em ternas e mansas água de boa vontade, afeto, sorrisos, cheiro de pão quentinho no forno, pássaros a cantar.......
Estamos doentes?
Não posso acompanhar cada passo do calvário de muitos e ficar calada, passiva.
Preciso gritar: - Socorroooooooo
Surpreende-me a aproximação de jogadores, cantores, políticos, mulheres, com traficantes.
Perigosos. Estranha convivência.
O endeusamento a algumas pessoas é também fato notório. Faltam ídolos? Referências?
Colóca-se alguns em patamares inimagináveis.
Um vereador em uma pequena cidade do interior é tão endeusado quanto um presidente, um padre, um papa.... ninguém é DEUS.
Encontramos faixas e placas agradecendo o trabalho que é dever do político, é pago para isso.... nada a agradecer e sim fiscalizar.
Os cantores, apresentadores, atores, então....
Se comportam como se estivem acima do bem e do mal e as pessoas os fazem assim.....
As pessoas passam umas pelas outras como um rolo compressor.
O “requinte de crueldade" choca.
E que momento perdemos as rédeas?
Em que momento a droga venceu?
Por que o ser humano vira muitas vezes lixo?
Bicho é bom.
Os valores desvalorizaram?
Perdemos a guerra?
Falta disciplina, respeito, família, limites, religião, Deus no coração.
Que saudade do olhar do meu pai me censurando por alguma atitude.
Bastava um olhar.
Aquele olhar. Eu já sabia.
Ali, naquele momento, ele me preparava para ser humana. Ser melhor.
Ele não me podava, ele fertilizava a alma.....
Obrigada, meu pai!
Se nos resta a consciência mínima do momento,
que possamos plantar uma semente de esperança, que possamos ser mais engajados com a sociedade, com os vizinhos, com as pessoas.
Que possamos olhar e ver o outro.
Vamos rezar, orar ou o que se queira, para um mundo melhor.
Assim não dá mais.
Livrai-nos do mal, amém!

Ana Luna - anammluna@yahoo.com.br

Nenhum comentário: