sábado, 21 de agosto de 2010

Marina no Debate Online



Confesso que fiquei extremamente satisfeita quando li o artigo do Zezinho, sobre o 1º Debate Online, entre os candidatos a presidente da república. Infelizmente, eu não tenho a liberdade do meu colega que pode sentar as nádegas qualquer hora em frente do computador e ver debates, mesmo que tenham a importância que este teve. Horário de almoço deveria ser para almoçar, e aqui em casa, é. E quando minha filha deixa meu neto aqui, o que ocorre sempre, pois mulher moderna pensa que trabalhar fora a redime de cuidar da prole, ele ainda não fala tudo, mas sua carinha demonstra que está na hora de sua sopinha. E lá vai a avó...

Quase não acreditei quando ele escreveu que a Marina foi muito aplaudida, e fui nos sites ver as reapresentações do debate. Ela pode até não ter sido ovacionada, como ele fala, mas que foi mais aplaudida dos que os outros dois, isto foi.

Para provar isto eu pedi ao Jameson que disponibilizasse uma parte do filme do debate, exatamente aquela onde a Marina faz suas considerações finais. Vejam abaixo este vídeo.



Espero que tendo visto, vão além do Zezinho que não vai votar mais nem na Dilma nem no Serra, votem também na Marina, para não chorar depois. Não percamos a chance de colocar, pela primeira vez, uma mulher na presidência, mas, venhamos e convenhamos, não pode ser uma qualquer, ter que ser aquela que diz, como vi em outro trecho de debate:

“O Brasil amadureceu. Não precisa ser uma sociedade infantilizada. Querem infantilizar os brasileiros com essa história de pai e mãe.”

É o Pai do Real, a Mãe do PAC, o Pai dos Genéricos, a Mãe que Deu a Luz para Todos, e todos nós nos sentimos realmente infantilizados, com tantos pais e mães postiços, que aparecem em anos eleitorais. Por isso que em 2012, só aparecerei em Bom Conselho como avó do meu neto.

Lucinha Peixotolucinhapeixoto@citltda.com

Nenhum comentário: