quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Nassif se supera


Hoje acordei com preguiça de escrever e até de sair de casa, mas, tenho que trabalhar para não sobreviver à sombra do meu marido, e, chatear a Josenilda Duarte com meus surtos machistas. Ontem fui ao Blog do Jodeval. Como sempre digo, eu o preferia no tempo em que ele próprio escrevia, e li uma postagem que tem como o título: “Nassif se supera”. Hoje, até a originalidade, que também nunca foi meu forte, está cansada dentro de mim, então, resolvi escrever a mesma coisa que ele, só com um texto diferente. Infelizmente, o texto foi divulgado pela “grande imprensa”. Será mentira? Do Leandro Colon ou do Nassif? Julguem por vocês mesmos.

“Por Leandro Colon, no Estadão.

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) contratou há uma semana, sem licitação, os serviços do jornalista Luis Nassif por R$ 180 mil. O contrato terá vigência de seis meses. Foi assinado pela presidente da estatal, Tereza Cruvinel, no dia 16 e publicado na segunda-feira no Diário Oficial da União.

Nassif foi contratado, segundo a EBC, para prestar serviços de “entrevistador e comentarista” para o telejornal Repórter Brasil e o Programa 3 a 1.

Desde terça-feira, o jornalista tem destacado em seu blog informações em defesa do protesto contra a imprensa marcado para hoje a partir das 19 horas no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Nassif é do conselho consultivo do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, que integra a organização do protesto, intitulado “Contra o Golpismo Midiático e em Defesa da Democracia”. Movimentos sociais de apoio ao governo, como centrais sindicais e a UNE, já manifestaram adesão ao movimento.

A EBC informou que o jornalista foi contratado porque a legislação “prevê a dispensa de licitação para pessoas ou empresas de notória especialização”.

Nassif fechou um novo acordo depois de ter expirado, em julho, o contrato de R$ 1,2 milhão que tinha para fazer o programa Brasilianas.

Nassif disse que sua contratação sem licitação se deve ao fato de o contrato ter como objetivo um “trabalho intelectual”, com “pessoas com reputação em sua área e reconhecimento público, que ajudam a reforçar a cara da emissora”. “Em relação à minha área - comentários econômicos -, há muitos e muitos anos fico entre os três jornalistas mais votados (no prêmio Comunique-se) na categoria jornalismo de economia, mídia eletrônica, além dos prêmios que recebi como jornalista de economia da mídia impressa”, afirmou.”

Hoje voltei ao Blog do Jodeval e havia dois comentários. Eu já sabia que eram comentários do bem, porque comentários do mal ele não publica, o Zezinho que o diga. E eram mesmo. Do Roberto Almeida e do Ruy Sarinho. Eu concordo mais com o Ruy do que com o Roberto, quando ele (o Ruy) diz que: “Amigo Jodeval Duarte, Seu blog é o mais inteligente, ideológico e comprometido com o que deveria ser o objetivo maior do jornalismo, em qualquer parte do planeta: levar informação com opinião, comprometido com as mudanças que levem à justiça social, que contribua para a transformação do mundo, na defesa de todos os oprimidos, de sempre.”

Embora, não saiba bem a que oprimidos ele se refere, tenho certeza que Luiz Nassif não está incluído entre eles, pois com contrato sem licitação e com os prêmios que ele diz que ganhou, ninguém é oprimido. Será que a Tereza Cruvinel está? Será que a Erenice Guerra está, só porque recebe o Bolsa Família especial? E o Lula? E a cachorrinha Michele?


Falando no apedeuta-mor, ele não está mais entre os oprimidos, e sim entre os deprimidos, pela queda de sua candidata nas pesquisas, e a subida da Marina Silva. Até o Serrote cresceu, graças à oprimida Erenice. Temos uma semana só para levar a Marina para o segundo turno. Vamos lá.


É, realmente, o Nassif se supera, mas assim, até eu posso dizer que sou uma “cabra” boa da peste, Roberto.

Lucinha Peixotolucinhapeixoto@citltda.com

Nenhum comentário: