segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Propaganda Enganosa em Bom Conselho



Cada vez mais que incursiono pela área política sinto o seu peso, e por isso, hoje entendo porque nossa prefeita Judith Alapenha adoeceu. Preciso ir a Bom Conselho para dizer isto pessoalmente a ela, e pedir seus conselhos, para a minha caminhada, como mulher, nestes caminhos tortuosos, em direção à casa de Dantas Barreto. Apenas tive inveja do Diretor Presidente e do nosso ex, o Zé Carlos, por terem tido o privilégio de pisar naquele solo sagrado, abençoado pelo nosso Padre Alfredo. Como resultado desta viagem recebi, via Diretor Presidente, umas fotos feitas por eles nesta viagem.


E foi por causa delas que comecei este texto de forma tão pessimista em relação à atividade política. É de fazer chorar. Além da ameaça de ter o meu sigilo fiscal quebrado ilegalmente, com a anuência do nosso apedeuta-mor, tenho que conviver com irresponsáveis que picharam meu nome em vários lugares da cidade. Vejam as fotos que acompanham este texto. Primeiramente, quero dizer que não autorizei ninguém a colocar meu nome onde quer que seja. E já mandei limpá-lo onde ele estiver. Só pode ser intriga da oposição.

Ao mesmo tempo que isto me deixa possessa, traz-me também uma certeza, aquela de que minha candidatura já começa a mexer com alguns concorrentes, e já estão querendo derrubá-la com muita antecedência. Eu não quero repetir o Zé Serra, que mesmo já sabendo que o sigilo fiscal da filha tinha sido devassado, com intenções políticas claras, não reagiu no momento oportuno, porque estava como favorito nas pesquisas de intenção de voto. Com a Roseana aconteceu a mesma coisa. Não reagiu logo e dançou feio. Agora está nas costas do pai, o Sarney, que é um deficiente eleitoral, e depende para andar que o Lula empurre sua cadeira de rodas. Por falar nisso, eu não gosto do Lula, todos sabem, talvez o principal motivo é que ele vive nos enganando dizendo que é pernambucano, mas, há muito tempo se tornou paulista, graças a Deus, pois pernambucano dos bons não faz o que ele está fazendo. Mas, tenho que reconhecer sua força física pelo número de postes e cadeirantes eleitorais que ele carrega nestas eleições. Chega dá pena certas horas, nos comícios, ver o quanto ele sua para carregar o poste maior até o planalto. O pior de tudo é que poste carrega postes em série. Nunca vi tanta força para carregar tantos deficientes eleitorais.

Se por acaso, as pichações que estão nas fotos, foram feitas por algum fã meu, pelo amor de Deus não faça mais isto. Se quiser alicerçar minha candidatura, o faço de forma limpa e legal, e não fazendo poluição visual dos nossos prédios, mesmo que eu considere alguns feios e inapropriados para o nosso centro. Por exemplo, façam um “santinho”, mostrando minha plataforma verde e os distribua na hora da missa. Tenho certeza, o Monsenhor Nelson, sabendo quanto católica sou, não reclamará. Tenho-no como um eleitor certo, como tinha também o amigo José Fernandes. Digo tinha, porque ele ainda não se manifestou depois que lhe neguei um favor. Pode também distribuir o “santinho” na frente da Prefeitura, pois sei, que nós mulheres, eu e a prefeita nos entendemos. Não mando minha foto porque ainda estou escolhendo uma que me deixe melhor do que a Dilma, e isto é básico, quando chegamos aos 40, sempre precisamos de um bom programa de edição de imagens, pois com o que ganho, para fazer cirurgia plástica, só encontraria açougueiros como aquele que operou Ana Maria Braga, que não consegue fechar mais os lábios. Embora, mesmo com dinheiro e prestígio, muitas vezes os médicos fazem coisas terríveis, basta ver uma foto de nossa primeira dama, parece a Angelina Jolie, depois de tomar uma xícara de café quente.

Também ainda está muito cedo para começar minha campanha. Óbvio que tenho que fixar meu nome entre os eleitores. O Diretor Presidente, falou que ainda há pessoas que não sabem quem sou na cidade. Mas, estes eu considero desinformados totais. Pois se já tentam me sabotar fazendo propaganda enganosa, mesmo que seja fogo amigo, eu já tenho alguma penetração, pelo menos junto à cúpula.

Eu fiquei encafifada com a foto que mostra um aluno da banda marcial do Ginásio São Geraldo (chamo ginásio, embora saiba que hoje é escola, que pena!), com o meu nome impresso em seu instrumento de trabalho ou de lazer. Como a banda marcial chama-se Dragão Vermelho, eu fiquei em dúvida se era uma homenagem ou um xingamento. Eu prefiro pensar que seja uma homenagem a esta ex-aluna que ficou morrendo de vontade de desfilar com Luís Clério, Valfrido, Alexandre, Ilza, Daniel, Sônia, João Nelson e tantos outros “ex” do nosso educandário maior. Eu só mudaria a cor da camisa prá verde, mesmo sabendo que tínhamos um lista vermelha em nossa farda, que usávamos com tanto garbo. Mas hoje temos o PT e a Marina. Então eu fico com o verde. Agora, Deus me livre que tenha sido uma xingadela, pois Dragão Vermelho é pior do que Naja do Agreste. Ainda bem que o finado O Andarilho não pode mais ir a desfiles patrióticos, ele só baixa em terreiros baianos.

Para não ficar só na reclamação e no pessimismo, exibo abaixo, um filme no nosso desfile de 7 de setembro, mostrando a beleza de desempenho do Educandário Menino Jesus de Praga, que não é do meu tempo, mas mostra que Bom Conselho ainda tem chance de voltar a ser A Cidade das Escolas.







Lucinha Peixotolucinhapeixoto@citltda.com

Nenhum comentário: