sexta-feira, 29 de outubro de 2010

"DIA DA CULTURA"




Lendo o artigo intitulado GRATIDÃO escrita pela Sra. Sônia Maria Tenório de Moura, na GAZETA nº 274 de 03 de outubro de 2010, a filha do inesquecível maestro José Duarte, carinhosamente conhecido como Zé de Poluca, cuja personalidade animou tanto a nossa cidade com a sua banda de musica, louvo neste momento a atitude do Vereador Carlos Alberto Pereira de Oliveira de homenagear com o nome “Patrimônio Cultural da Música” cujo projeto foi aprovado por unanimidade pelos membros da Casa Dantas Barreto, a casa legislativa do Município, a casa do povo.

A idéia da Sra. Sônia pela criação do “DIA DA CULTURA” em nossa cidade é obviamente, um gesto de amor a terra e a cultura da nossa gente. Eu, particularmente, ampliava esta idéia para a SEMANA DA CULTURA, estabelecendo um dia durante esta semana, para homenagear a CULTURA, e desta forma ficando estabelecido este DIA DA CULTURA no Calendário Municipal para comemoração nos anos posteriores. Sugeria que este dia fosse ao dia do encerramento do evento a fim e dar um maior impulso na cultura da nossa cidade, denominado a CIDADE DAS ESCOLAS.

Este evento seria realizado com o apoio dado pela Prefeitura Municipal de Bom Conselho, através das Secretarias de Educação ou Cultura do Município, do Banco do Brasil, dos Lojistas e das Indústrias e de toda sociedade bom-conselhense.

Teríamos uma semana movimentada com palestras, estudos, apresentação de edições de livros pelos nossos escritores e de outras plagas, com a presença de parceiros como Academia Pernambucana de Letras (APL), Academia Olindense de Letras, Academia de Médicos Escritores, Academia Garanhuense de Letras, a Academia Pesqueirense de Letras, a Academia Caruaruense de Artes e Letras e tantas outras entidades culturais que por certo apoiaria e compareceria a este magnífico evento.

As palestras e mesas redondas com valores da nossa cultura seriam discutidas e estudadas com renomados nomes das nossas Academias em lugares distintos como o Salão do Colégio Nossa Senhora de Bom Conselho, da Associação Atlética Banco do Brasil, do Clube dos Trinta e tantos outros locais, como educandários em nossa cidade.

Teríamos uma Feira de Livro em torno da Praça Pedro II, com estandes padronizados, convidando as grandes editoras, principalmente, a do nosso Estado de Pernambuco, a Bagaço, a CEPE, a UFPE e outras existentes, onde colocaria a venda as edições dos escritores locais e de outras cidades.

Teríamos, ainda, um tempo para os artistas plásticos mostrarem os seus trabalhos, destacando-se as artistas, Carmem Lucia, Nara, acrescida de concertos musicais pela Orquestra Sinfônica do Recife, na Matriz de Jesus, Maria e José, como houve recentemente e aprovado pelo povo bom-conselhense.

Esta Semana da Cultura, seria um marco de prestigio para nossa gente e que por certo traria grandes benefícios para a nossa cidade de Bom Conselho, pois, este evento estaria sendo divulgada e estampada nos principais Jornais do nosso Estado, na mídia da Televisão, no Radio e na Internet, bem como, a distribuição de folder nas principais livrarias e pontos comerciais da região.

Outro fator importante que esta SEMANA traria para cidade era presença de visitantes ilustres que passeariam e conheceriam as atrações turísticas que o Município tem para mostrar, tais como a Serra de Santa Terezinha, o Açude da Nação, o Colégio Nossa Senhora de Bom Conselho, a Igreja Matriz da Sagrada Família, o Convento dos Frades Capuchinho, a Gruta do Bulandi, bem como o nosso folclore e quem sabe uma programação para uma esticada pelos distritos, onde existe paisagem belíssima que encantaria os olhos dos visitantes.

O importante é dar o primeiro passo para o planejamento deste evento que por certo só traria beneficio para Bom Conselho, o nosso querido torrão natal.


José Antonio Taveira Belo / Zetinho - taveirabelo@hotmail.com

Nenhum comentário: