segunda-feira, 18 de abril de 2011

O Bom Rapaz ataca outra vez



Lendo hoje as notícias matutinas, já me vejo compelido falar outra vez do Aécio. Eu não sei que tipo de urucubada se incrustou em nossas oposições. Depois daquele discurso conciliatório do qual tratei outro dia (leia aqui), o jovem senador já apronta outra.

Foi flagrado no Rio de Janeiro dirigindo sem carteira de habilitação. Segundo dizem as más ou boas línguas, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro. Se o guardas assim o exigiram, e porque viram no YouTube o vídeo abaixo:


Se eles não tentassem usar o bafômetro, seria uma falha grave em sua atuação. Ora, prá quem pretende um dia ser presidente do Brasil é uma falha gravíssima andar por aí descumprindo a lei. Sei que vão falar que meu conterrâneo Lula também descumpriu a lei algumas vezes, mas não desta forma. Ele seguia direitinho a propaganda: “Se for dirigir não beba, e se beber não dirija.” E tomar um 51 de bate pronto, não mata ninguém, a não ser no longo prazo, de cirrose hepática.

A assessoria do senador, já prevendo a repercussão divulgou a seguinte nota:

“Na noite deste sábado para domingo (17-04-11), o senador Aécio Neves jantou nas redondezas de seu apartamento no Rio de Janeiro.
Ao retornar à sua residência, foi abordado durante blitz policial quando foi constatado o vencimento da validade do seu documento de habilitação como motorista.
Em respeito à legislação vigente, o senador entregou a habilitação ao agente e, seguindo as orientações recebidas, providenciou um condutor habilitado - um taxista que se encontrava no local - que dirigiu seu veículo até sua residência a poucos quarteirões.
Com relação às notícias veiculadas sobre o uso ou não do bafômetro, essa assessoria informa que, uma vez constatado o vencimento do documento de habilitação e providenciado outro motorista para condução do veículo, o mesmo não foi realizado.
O senador cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem feita aos motoristas durante a blitz.”

Eu, nesta nova modalidade de textos curtos para o Blog, só posso aconselhar o bom rapaz que não siga o exemplo do Lula. “Se for presidir não beba, e se beber não presida.” Ou ele, segue este conselho ou a "nova classe média" não votará nele.

Zezinho de Caetés

Nenhum comentário: