segunda-feira, 9 de maio de 2011

A força da Judith e os sonhos do Poeta (Um comentário estendido) (*)




Quem deveria estar comentando este post seria o Diretor Presidente, mas como ele está de férias, agora qualquer pode um escrever para agradecer, ao ver nosso Blog da CIT entre odblogs companheiros do Blog do Roberto Almeida. Este Blog só não está entre os nossos porque não temos companheiros explícitos, e nem sexo. Por falar nisso, ainda não terminei nosso “papo” sobre meus amigos gays (Eu só agora notei que o robertalmeida que comenta, pode não ser o Roberto Almeida. Se isto é verdade minhas desculpas por algum mal entendido, embora a culpa seja do filtrador de comentários do Blog). Mas, agora não é a hora. O assunto aqui é outro.

Aqui quero agradecer nossa inclusão na lista dos companheiros, com uma ressalva, daquelas mesmo que o Roberto tanto gosta. Eu já senti que ele também não leva mais nem em conta o blog da prefeita Judith, citando apenas sua filial, o do seu filho Felipe. Eu também já não estou mais considerando a volta do blog da prefeita. Agora só considero o do Felipe. E aqui já digo que não concordo com os boatos de nossa terra que dizem que o blog deveria se chamar de “Mamãe eu Também Quero Mamar”. Embora reconheça que a Judith, se voltasse com o seu blog, não faria melhor em termos de querer levá-la a disputar com êxito o palácio do coronel, mais uma vez.

Minha surpresa foi o Roberto incluir agora o do Cláudio André, o Poeta, entre os blogs companheiros, e, mais recentemente, entre os seus blogs necessários. Talvez tenha sido pelos seus dotes proféticos do qual ele fala noutra postagem, sobre o Poeta como um profeta que profetiza a vitória de Judith Alapenha em 2012, por excesso de oposições. Este seria o alvo do meu comentário hoje, mas resolvi transferi-lo para aqui, pois ele durará pelo menos um dia, antes de desaparecer no limbo das postagens esquecidas.

Desde os tempos das jumentinhas e mesmo recentemente com as cabritinhas, que venho tentando decifrar o Poeta. Descobri logo que Poeta não se decifra. E me lembrei do Fernando Pessoa (desculpem, mas também, igual ao Roberto, torço pelo Náutico e hoje estou na veia poética), quando ele diz:


O poeta é um sonhador.

Sonha tão completamente

Que chega a sonhar que é dor

A dor que deveras sente.


E os que lêem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,

Não as duas que ele teve,

Mas só a que eles não têm.


E assim nas calhas de roda

Gira o raciocínio,

Esse comboio de corda

Que se chama patrocínio.


Os mais céticos vão dizer que o Fernando Pessoa nunca disse isto. Eu só respondo, não disse porque não conheceu o nosso Poeta. Eu vi o texto do Poeta na A Gazeta Digital (o Zé Carlos deveria também agradecer ao Roberto por sua citação, mas aquilo é empacado até prá dar bom dia) e que também vi hoje publicado no Blog do Felipe Alapenha, e concordo com um anônimo (não em tudo pois acho que nem sempre o Poeta diz besteiras) que não sei onde ele encontrou aqueles 4000 votos de saída para a Judith. Ele realmente é dado a falar por parábolas, além de fazer poesias. Será mais um sonho do Poeta?

Bem, eu não sabia que o Dr. Zenício tinha mais um correligionário além do “guerrilheiro”, que foi exilado do Blog do Roberto Almeida: o Afonso Didier, que não conheço, mas pelo que leio dele faz oposição a Judith. Em Bom Conselho não tem blogs de oposição que se prezem. Depois da saída do “Mr. M” de cena, ficaram apenas os blogs dos vereadores, e seus subsidiários, e que sumirem um pouco depois da surra que um deles levou, e que o Poeta ainda está devendo uma postagem de explicação. Imprensa é para isto mesmo. Não adianta só mostrar a surra, tem que mostrar pau e quem o estava segurando. Dizem que o Dr. Zenício é um homem bom e merece a chance, e por minhas fontes, ele não é carta fora do baralho. Quem sabe os 96 candidatos de oposição não se juntem para apoiá-lo!?

Ou seja, não são favas contadas que a Judith superou todos os problemas. Ela ainda tem muitos para resolver. E mesmo que ela tenha 4000 mil votos de vantagem, isto é, não sejam mais um sonho do Poeta sonhador, eles podem irem se dissipando com o descaso do Conde Eduardo para com as cidades pequenas, pelo seu amor inquebrantável ao lulismo, que agora está às voltas com a herança maldita.

Eu ainda estou na indefinição quanto a minha carreira política. Como diriam os políticos profissionais, problemas pessoais me impedem de tomar agora qualquer decisão. Entretanto, uma coisa é certa, está faltando um Blog de oposição em Bom Conselho, que seja melhor do que o do Poeta, pois ele já fez mais oposição do que apoiou o governo do povo. Mas, tratando-se do Poeta, sonhemos também, para não ficarmos irritados.

Ainda tenho algo a dizer sobre a postagem abaixo, que quer mostrar Judith, citando o Poeta, como a mais forte em Bom Conselho. Vejo que o Sr. Ccsta voltou sem muitas novidades reverenciando suas deusas Dilma e Judith, não necessariamente nesta ordem. E, que a respeito o Afonso Didier diz : “Aos olhos de Roberto Almeida e Zé Fernandes essa prefeita é ótima (a gente sabe muito bem o porque deles dizerem isso)”. Eu, que vivo longe ainda não sei o porquê, embora não possa dizer que não desconfie. Afonso, diga por favor. Eu custo a acreditar que é pelo mesmo motivo do LUCIO.

Lucinha Peixoto

-----------

(*) Este texto é um comentário estendido de um que fiz no Blog do Roberto Almeida (aqui). Por isso pode não ser bem entendido de primeira. Vão ao Blog do Roberto que ententederão. Santa prolixidade! LP.

3 comentários:

Blog do Roberto Almeida disse...

A Roberta Almeida que faz os comentários no meu blog é minha filha, que mora no Recife e é professora em Olinda. Grande abraço aos que fazem esse delicioso blog.

Anônimo disse...

Lucinha Peitoxo pq vc não vai procurar o que fazer e deixa o povo de bom conselho em paz volta pra tua tumbar lembrei-me agora de uma coisa que o poeta falou ele disse que sua foto e de jazigo de cemiterio então tocar a foto por um colorida pq ai fica mais facil acha teu tumulo !

Lucinha Peixoto disse...

A Roberto agradeço o comentário (o delicioso foi uma delícia) e a informação sobre sua filha. Ela é mais radical do que nós em defesa dos nossos amigos. Talvez seja a idade. Agora vou bater mais leve, pois como dizia o Capiba, "numa mulher não e bate nem com um flor", só outra mulher e mesmo assim com rosas, mas sem espinhos.

Quanto ao anônimo que manda eu trocar minha foto, eu compreendo, aquela do meu casamento já é ruim, mas é a melhor que tenho, dentro dos meus padrões de vaidade. Coisa de mulher. Se pelo menos eu soubesse se o anônimo fosse mulher, homem ou gay, eu daria uma melhor resposta. Já que não sei, apenas agradeço ao comentário. "Sê como sândalo que perfuma o machado que o corta". Estou apenas imitando o Poeta, que agora também é filósofo.

Lucinha Peixoto