quinta-feira, 5 de maio de 2011

O Bom Ladrão



Ontem eu me deparei com uma questão interessante, a parti de minhas leituras bloguísticas. Ela se refere à volta de Delúbio, que Lucinha Peixoto, em seu afã de encontrar gente boa na política brasileira (Bom Velhinho, Bom Velhaco, Boa Moça...) chamaria de o Bom Ladrão. Que o Delúbio é acusado genericamente de ser ladrão todos sabem. Ele é um dos 38 mensaleiros denunciados pela Procuradoria Geral da Repúlblica, por formação de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, corrupção e evasão de divisas, o que nos permitir resumir no título acima, ladrão.

Tempos atrás o PT reconheceu todos estes seus defeitos, embora minorados, na época, pelo presidente Lula, com a alegação de que, no Brasil, caixa 2, todo mundo faz. O que trocado em miúdos poderia ser traduzido que, na política brasileira todo mundo rouba, todo mundo engana, então os mensaleiros eram apenas uma consequência. Hoje ele (o Lula) diz que isto jamais existiu. O PT resolveu, mesmo com estes atenuantes presidenciais, expulsá-lo.

No momento, com a vitória da Dilma e conseqüente controle do PT sobre ela, este partido resolveu admiti-lo de volta. O Delúbio pensa ser candidato a vereador no próximo ano em Goiânia e a deputado federal em 2014. E para isso precisa filiar-se a um partido. Como o coitadinho poderia fazer isto, quando o PT mesmo achou que ele era um ladrão, e que agora a justiça vai julgar se é ou não?

A questão que se pode colocar é a seguinte: Ora, se o Delúbio é mesmo um ladrão, como o PT achou, qual a justificativa para trazê-lo de volta? Seria o PT um partido de ladrões?

O que se alega, de uma forma torta, a meu ver, é que não houve conclusão por parte da justiça, e como não houve, o Delúbio é inocente, até o final dos trâmites legais, que deverá ser, se o processo não prescrever antes, por volta de 2022, quando o presidente do STF dará o resultado do processo na comemoração do bicentenário de nossa independência. Resultado já esperado, pois nesta época todos os ministros serão do PT, e o Lula já os terá convencido que o “mensalão” não passou de uma fantasia do povo brasileiro, que ainda vivia na miséria gerada pelo Plano Real.

Todos sabem que o Lula sempre foi muito ligado a Delúbio. Dizem até que era ele que pegava as bingas de cigarro do Lula para esconder da imprensa que ele era um fumante inveterado, e que por isso teve “piripaque” numa inauguração de hospital aqui em Pernambuco sendo salvo pelo neto de Arraes, que amealhou uma experiência muito grande com o avô, no campo do vício tabagístico.

A Marta Suplicy, que de vez em quando se transforma na Marta Suplício, disse: “A volta de Delúbio é uma questão ainda muito mal compreendida pela sociedade, de difícil assimilação.” Eu diria completamente inassimilável, num país onde um crime é um crime e um ladrão é um ladrão. Inclusive os crimes praticados em nome da política, e quando o ladrão usa roupas de grife.

Alguns dirão que eu sou exagerado como dizia o Cazuza. Talvez eu seja mesmo, mas não gosto de estórias inventadas. E nisso, o PT é imbatível. Não se fixa somente nesta de que o mensalão não existiu, e que agora o Delúbio, como o Bom Ladrão abrirá os olhos no paraíso junto com o meu conterrâneo Lula. A estória mais nova, invenção recentíssima é que o Banco Central é independente. Agora já querem transformar o Tombinho no Mau Ladrão, enquanto o Mantega pousa de centurião romano, dando explicações esfarrapadas.

Como eu tenho saudade das histórias da carochinha! Pelo menos nelas, as crianças descobriam que o rei estava nu (ou como diziam as baixarias da Globo, com o Joãozinho de fora). Se fossem contadas hoje, a menina da estória, no meio da festa em homenagem à volta do Delúbio, diria: “Caixa 2 também é roubo

”.

Zezinho de Caetés

Um comentário:

Altamir Pinheiro disse...

DELÚBIO NÃO FOI PERDOADO, FOI SIM PREMIADO. JÁ PENSOU SE ELE TIVESSE ABERTO A BOCA?!?!?! JÁ IMAGINARAM O DELÚBIO RAIVOSO E DANDO COM A LÍNGUA NOS DENTES!?!?!? SERIA SIM UM "DELÚVIO". É UM ARQUIVO VIVO. ELE IMPÔS SEU REGRESSO. PARA CONTER SUA LÍNGUA, O ENCARDIDO "PT" TERÁ DE SUPORTÁ-LO. VIROU SEU REFÉM. O MENSALÃO É O RETRATO PRONTO E ACABADO, QUE NÃO PRECISOU DE FOTOSHOP, MOSTRANDO A VERDADEIRA CARA DO PT. É A CARA DO PARTIDO, É A CARA DO "CARA", É A CARA DA "CARA", É, A CARA DE TODA A BASE ALIADA. ENFIM, A CARA DO BRASIL POLÍTICO.